Subscribe:

Ads 468x60px

terça-feira, 10 de maio de 2011

O Cristianismo e a Ciência - R. C. Sproul

O Cristianismo e a Ciência


Para que nós não caiamos em atitudes críticas em relação à ciência, nós devemos lembrar que ciência começou com um comando que Deus deu na criação. Deus comandou a Adão e Eva o domínio sobre toda a Terra e subjuga-la. Existe um senso no qual o homem foi criado para conquistar o universo no qual ele vive. O empreendimento científico faz parte da tarefa. Ao mesmo tempo, certas restrições e limitações são colocadas acima do homem na criação. Nós chamamos não somente para sermos produtivos, mas para vestir, lavrar, manter a Terra e reabastecê-la. No mandato inicial para o empreendimento científico, havia sanções governantes. O empreendimento científico deve estar sob a autoridade de Deus e restrito pela Lei de Deus. Implícito no mandamento é a proibição contra a exploração dos recursos naturais, a violação do mundo que nos foi dado domínio.
 Por séculos, havia amplas áreas de cooperação entre a igreja e a comunidade científica. Eles trabalhavam de mãos dadas. A vocação para a ciência era visto como um chamado do Próprio Deus. Havia um tipo de união entre a busca espiritual do homem e a busca natural da ciência.

Cada vez mais, ao que parece, uma quebra é desenvolvida entre a vida espiritual do homem e o seu natural ou vida científica. Talvez, nós ainda não fomos curados das feridas do episódio de Galileu no século XVII. Nesse drama, Galileu foi condenado pela Igreja Católica por sua atividade científica, e seu trabalho científico foi banido. Só recentemente esse banimento foi removido. Esse ato serviu para elevar um senso crescente que existem dois reinos diferentes, o reino da fé ou religião, e o reino da razão ou ciência. A tensão entre os dois foi acelerada no século XIX e XX e veio à tona no julgamento de Scopes em 1925 envolvendo as questões do ensino da evolução.


Galileu: O Que Realmente Aconteceu?

O julgamento de Galileu é geralmente considerado como o olho negro da igreja. A impressão popular é que a condição de Galileu foi resultado de um conflito cego entre dogma e fato, entre fé e ciência. Um exame mais detalhado do debate histórico revela que os cientistas na igreja eram tão hostis para as descobertas de Galileu como eram os bispos. Galileu desafiou a “ortodoxia” da ciência assim como a igreja. Não eram meramente os bispos que se recusavam a olhar através de seu telescópio. Seus companheiros cientistas eram igualmente relutantes em dar uma olhadinha.

Embora os fatos históricos indiquem o contrário, a impressão que foi passada para nós é que a igreja, e somente a igreja, foi a culpada por suprimir as descobertas de Galileu. Como resultado, a igreja perdeu credibilidade e rupturas crescentes ocorreram entre a igreja e a ciência, uma ruptura que é completamente externa do Cristianismo Bíblico.

Nós geralmente ouvimos o pressuposto que se alguém é para ser cristão em nossa idade moderna, ele deve ser um esquizofrênico intelectual. Ele deve de alguma maneira colocar sua fé de um lado do quarto e a razão e a investigação científica no outro lado, porque os dois são simplesmente incompatíveis.

Nós estamos considerando todo nosso estudo do dilema que homens modernos enfrentam essa parede que divide o reino metafísico do reino físico. Esse grande divisor de águas nas civilizações do oeste vem com o criticismo de Immanuel Kant. Kant manteve que os nossos métodos de conhecer o homem nunca nos levaram além dos limites desse mundo e para dentro do reino de Deus. O método científico, portanto, é útil para o estudo de física, mas não para o estudo de metafísica. É útil para o estudo da natureza, mas não para o estudo da super-natureza. A essência da crítica de Kant é que Deus não pode ser conhecido pelo pensamento teórico.

Isso foi um momento divisor de águas na história do ocidente. Desde então, multidões de pensadores têm sucumbido ao ceticismo e tem dito que se nós temos algum conhecimento de Deus ou qualquer verdade religiosa, esse conhecimento deve ser alcançado não por razão ou por observações científicas. Nós devemos conjurar um novo caminho para superar esse muro. Isso é feito através de uma experiência ou através de uma intuição mística. O resultado é que é normal que as avenidas do saber estão fechadas para as coisas de Deus.

Entretanto, nem todo Cristão tem rolado e se fingido de morto aos pés de Immanuel Kant. Logo que nós abraçarmos a ideia que Deus só é conhecido misticamente e que o mundo só é conhecido cientificamente, nós criamos um tipo de escrisofenia pessoal que é intolerável para a pessoa inteligente. Portanto, como missionários para nossa cultura, nós devemos lidar com esse problema.

De Ligonier Ministries: The Teaching fellowship of R. C. Sproul. Todos os direitos reservados. Website: www.ligonier.org

Por: R. C. Sproul. © Ligonier Ministries. Website: Ligonier.org

Postagem Original: The Christian and Science

Tradução e Adaptação: Revista Reformada  

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir esse material da forma que desejar, desde que indique as informações supracitadas, não altere o seu conteúdo original nem o utilize com qualquer fim comercial e lucrativo.


“Esta é a permuta que, em sua bondade infinita, ele quis fazer conosco: recebeu nossa pobreza, e nos transferiu suas riquezas; levou sobre si a nossa fraqueza, e nos fortaleceu com o seu poder; assumiu a nossa mortalidade, e fez nossa a sua imortalidade; desceu à terra, e abriu o caminho para o céu; fez-se Filho do homem, e nos fez filhos de Deus.” João Calvino

Um comentário:

Marcos Sampaio disse...

Revista reformada,

Parabéns pelo seu contínuo trabalho na web!.

Se permite,

Diversos assuntos têm inquietado muitos de nós e a internet tem sido um espaço precioso onde podemos discutir diferentes pontos de vista sobre a religião, cultura, política e, sobretudo, o que acontece na sociedade seja no Brasil como em todo o mundo.

E essa é a proposta do blog independente Conversa Protestante, ou seja, o pensamento e a expressão de idéias sobre tudo aquilo que está ao nosso redor.

Faça uma visita e, se gostar coloque o nosso link em seu blogroll e nos acompanhe!.

http://conversaprotestante.blogspot.com

abs.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...