Subscribe:

Ads 468x60px

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Série Q&A - Onde e como você aprendeu a pregar? - John Piper




- Transcrição -               

              Eu não sei. Vendo meu pai, quando eu tinha seis, oito, dez, vinte anos. Vendo como não fazer em vários lugares. Sendo incapaz de falar na frente de um grupo da quinta série até o meu segundo ano de faculdade. Eu acho que eu fui aprendendo a pregar durante esse tempo porque eu estava tão machucado, tão ferido, tão desencorajado e tão desesperado que eu tinha que ir profundamente a Deus, e profundamente às Escrituras, e profundamente à dor, e Deus foi fazendo um pregador fechando minha boca.
             Você não se torna um pregador eficaz se tornando eloquente e efetivo comunicador aos dezesseis anos. Você se torna um comunicador inteligente, mas você não se torna um pregador das santas coisas de Deus. Então essa foi uma parte.
                Eu não sei. Os cursos que eu fiz em pregação foram marginalmente úteis. Eu tirei a menor nota no seminário em minha classe de pregação. Eu acho que eu tirei C menos na classe de pregação de Jamos Daane no Seminário Fuller1. Nós nunca concordávamos com nada, exceto no princípio de que todo sermão deveria ter um ponto, ele disse isso repetidas vezes. Então eu tirei uma péssima nota lá. Mas havia outros professores que...
                Eu acho que a maneira pela qual eu me tornei um pregador foi por ter sido apaixonadamente excitado pelo que eu estava vendo na Bíblia no seminário. Apaixonadamente excitado! Quando Filipenses começou a se abrir para mim, Gálatas a se abrir para mim, Romanos a se abrir para mim, o Sermão do Monte a se abrir para mim em classes de exegeses, não homiléticas, mas exegéticas, tudo em mim estava sentido, “Eu quero dizer isso para alguém! Eu tenho que achar um jeito de dizer isso para alguém porque isso é demais! Isso é incrível!”.
                Então, para pregadores hoje que vão a todo lugar menos na Bíblia para achar alguma coisa interessante ou algo cintilante e apaixonante, eu digo, “Eu não entendo! Eu não entendo nada disso!”. Porque eu tenho que trabalhar duro para deixar a Bíblia e ir a outro lugar para achar uma ilustração, porque tudo na Bíblia está me fascinando! E é esse senso de ser fascinado pelo que está aqui – por Deus que está aqui, e por Cristo que está aqui, e pelo Evangelho que está aqui e pelo Espírito que está aqui, e pela vida que está aqui – sendo fascinado por isso, eu apenas digo, “Isso tem que sair!”.
                E então eu suponho como isso sai. O que é isso? Eu não sei o que é isso. A razão pela qual eu digo as coisas desta forma é que porque eu sou assim mesmo. É devido em parte a eu ser um escritor, sabe, eu estudei linguagem um pouco. Meu Deus, mil coisas vão através de sua vida e ninguém pode copiar ninguém. Eu não sei. Deus nos faz quem nós somos. Eu não acho que há muito que você pode fazer pra se tornar um pregador, exceto conhecer sua Bíblia e ser inacreditavelmente excitado sobre o que está lá. E amar muito as pessoas, isto é, você querer se conectar com as pessoas e com o que está na Bíblia.


1Fuller Theological Seminary. Clique aqui para ver o site do seminário, ou aqui para ver seu
artigo na Wikipédia em inglês (mais completo), ou aqui para ver em português.



Por: John Piper. © Desiring God. Website: desiringGod.org

Postagem Original: Where and how did you learn to preach?

Tradução e Adaptação: Hélio Sales

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir esse material da forma que desejar, desde que indique as informações supracitadas, não altere o seu conteúdo original nem o utilize com qualquer fim comercial e lucrativo.




“Esta é a permuta que, em sua bondade infinita, ele quis fazer conosco: recebeu nossa pobreza, e nos transferiu suas riquezas; levou sobre si a nossa fraqueza, e nos fortaleceu com o seu poder; assumiu a nossa mortalidade, e fez nossa a sua imortalidade; desceu à terra, e abriu o caminho para o céu; fez-se Filho do homem, e nos fez filhos de Deus.” João Calvino

2 comentários:

Vinícius Pimentel disse...

Muito bom! Glória a Deus somente!

Mas as legendas ficaram muito pequenas...

Revista Reformada disse...

Vinícius,

Pois é, eu não esperava por isso também. Isso ocorreu porque esse video está em HD. Mas tentarei corrigir isso esse final de semana.

Em Cristo, Hélio.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...